Blog

Cogumelo ou "Funghi"?

A palavra “funghi” tem origem no idioma italiano e significa “fungo” ou simplesmente “cogumelo”, da mesma forma que o conhecido "champignon", infalível nos strogonofes, que em francês também quer dizer "cogumelo".

Cogumelos Secos

Existem milhares de fungos comestíveis espalhados pelos quatro cantos do mundo, porém somente algumas dezenas são largamente conhecidos. Dentre estes os mais consumidos são o Porcini (Boletus edulis), Chileno (Boletus luteus), Shiitake (Lentinula edodes), Shimeji e Hiratake (que são variações do Pleurotus ostreatus), Portobello e Champignon de Paris (que são variações do Agaricus bisporus).

Um exemplo dos cogumelos menos conhecidos no Brasil, porém muito saborosos e reconhecidos no resto do mundo são o Enokitake (Flamulina velutipes), Nameko (Pholiota nameko), Chanterelles (Cantharellus cibarius), Morels ou Morchella (Morchella esculenta), Cardoncello ou Trumpet (Pleurotus eryngii), e muitos outros.

Leia mais...

   

Uma viagem à Grécia

Tempero Greek Salada Quem nunca sonhou em visitar a Grécia? Quem não queria se deitar ao sol nas praias gregas e talvez fazer um cruzeiro pelas ilhas, enquanto aprecia a bela visão de dançarinos gregos? E quem nunca sonhou em experimentar a comida grega ou, pelo menos, o estilo da culinária grega?

Isso não é dificil! Tanto os alimentos que compõem a maior parte dos pratos da culinária grega quanto as ervas e especiarias utilizadas nos seus preparos podem ser s facilmente encontrados nos mercados de qualquer cidade.

Uma opção mais prática e rápida de conseguir esse "gostinho" da Grécia é comprar um tempero já pronto. A Cuesta Sabores comercializa o Greek. Com ele você viaja no tempo e espaço sem sair da sua cozinha. É uma inteligente maneira de cozinhar, conhecer e levar para seus amigos e familiares um pouquinho do sabor da cultura grega.

 

Leia mais...

   

Berinjelas, ame-as ou deixe-as

Berinjelas blog da Cuesta Sabores

Quem me conhece e frequenta minha casa, sabe da minha paixão por berinjelas.

Para quem não sabe, a berinjela é originária da Índia, mas ganhou um lugar de destaque na culinária do Oriente Médio onde há milênios são utilizadas em diversas iguarias.

Embora seja conhecida como um legume, a berinjela é um fruto como o tomate. Aliás, eles são meio parentes, pertencem à mesma família, as solanáceas.

Ter cultura é saber que a berinjela é um fruto, ter sabedoria é não usa-la na salada de frutas.

Devido a minha obsessão por berinjelas, busco saber tudo sobre o assunto e já experimentei quase todas as variedades e formas de preparos possíveis. Desde as clássicas, em forma de pêra, grandes de cor roxa brilhante quanto as exóticas, encontradas hoje no mercado, que vão do roxo ao verde e do branco ao vermelho. Eu já provei todas, as italianas (menores que as variedades clássicas, com algumas manchas claras na pele), a indiana (pequenas e redondas) e a japonesa (muito fina, com a pele brilhante e roxa). Estou ansiosa para provar a tailandesa, que são minúsculas e verdes.

Leia mais...

   

Cogumelos e suas variedades

Cogumelos Cuesta Sabores

Quando você pensa em cogumelo, logo vem à cabeça a imagem de um strogonof, com bastante champignon fatiado ou então naquele shiitake servido com molho shoyu no seu restaurante japonês predileto.

O que você não sabia é que existem mais de 40 variedades de cogumelos comestíveis diferentes, cultivados especialmente para o uso culinário.

No Brasil os mais cultivados são o champignon-de-Paris (aquele usado no strogonof), o shiitake, o shimeji, o portobello e o hiratake. O Porcini que é importado da Itália e o Chileno que importamos do Chile, também são muito consumidos por aqui. Ambos, por serem desidratados, são chamados de funghi secchi.

Leia mais...

   

Pgina 1 de 4

<< Início < Anterior 1 2 3 4 Próximo > Fim >>